Publicidade

Clique para divulgar
outros desaparecidos

Política


Imagem da Notícia
Governo do Brasil co Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Govern

Imagem da Notícia
A Petrobras aumentou Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - A Petr

Imagem da Notícia
Em audiência públi Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Em aud

Imagem da Notícia
Para assegurar que d Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Para a

Imagem da Notícia
Artista do Brasil se Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Artist

Imagem da Notícia
O deputado Carlos Ma Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - O depu

Imagem da Notícia
Tribunal Superior El Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Tribun

Imagem da Notícia
Quantos dias serão Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Quanto

Imagem da Notícia
Na sexta-feira 28/04 Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Na sex

República Federativa do Brasil uma País uma república de ditadores.

redacao@worldwide.com.br
Hoje Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018, boa tarde!

Governador de São Paulo e presidente do PSDB, Geraldo Alckmin o novo tucano de Michel Temer, disse neste sábado (16) que vai punir os tucanos.

Sobre Brasil Publicada: 17/12/2017 as 15:56:24

Geraldo Alckmin o novo tucano de
Michel Temer.

Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - República Federativa do Brasil uma País uma república de ditadores.

Como todos sabem nos países que a ditadura é imposta um ditador assume, e tenta controlar tudo. No Brasil, vivemos um regime democrático que chamamos de República Federativa do Brasil, no entanto, vivemos sobre o apontar de dedos de vários ditadores.

Estranhamente o nosso País democrático vive sobre a imposição de lideres políticos ameaçando e prometendo retaliações para que as coisas sejam feitas como eles determinam.

Esta semana mais um destes ditadores se levantou contra a democracia brasileira.
O governador de São Paulo e presidente do partido PSDB, Geraldo Alckmin intitulado o novo tucano de Michel Temer. Alckmin disse neste sábado (16) que vai punir os tucanos que votarem contra a reforma da Previdência.

É revoltante que um homem com está empáfia seja cotado a ser "candidato a presidente" de um país democrático.
Talvez ele não saiba então eu vou dizer: primeiro o senhor Geraldo Alckmin deve saber que governador não vota como deputado. E em segundo os deputados estão lá para representar o povo deste País e não a vontade dele. E se não puderem exercer livremente o direito de voto, estamos sim à beira de uma ditadura.

É lamentável que um sujeito que vive dos benefícios da democracia atue tão prontamente contra ela. Talvez o governador também não saiba, mas agir contra a constituição é crime.

Segundo a constituição no CAPÍTULO I.
DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS.
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;
II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;

DOS CRIMES CONTRA O LIVRE EXERCÍCIO DOS PODERES CONSTITUCIONAIS
Art. 6º São crimes de responsabilidade contra o livre exercício dos poderes legislativo e judiciário e dos poderes constitucionais dos Estados:
1 - tentar dissolver o Congresso Nacional, impedir a reunião ou tentar impedir por qualquer modo o funcionamento de qualquer de suas Câmaras;
2 - usar de violência ou ameaça contra algum representante da Nação para afastá-lo da Câmara a que pertença ou para coagi-lo no modo de exercer o seu mandato bem como conseguir ou tentar conseguir o mesmo objetivo mediante suborno ou outras formas de corrupção;

Quando o governador vem a público e declara que irá punir deputados que votar contra a reforma da previdência ele transgride o princípio fundamental da constituição Brasileira que é a liberdade.

O que realmente me preocupa não a empáfia deste cidadão que em público ofende o direito democrático e constitucional dos deputados e da nação brasileira. Claro também me ofende e muito, mas o que realmente me preocupa é a submissão dos poderes que permanece em silêncio sem cobrar juridicamente este senhor por coagir e intimidar membros do Congresso Nacional ou qualquer cidadão deste País.

Se o governador age desta forma com representantes de igual poder, como será que age com seus subordinados? Você pode ver detalhes das declaração do governador em http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2017/12/psdb-promete-punir-deputados-que-votarem-contra-reforma-da-previdencia.html.


Veja mais: Worldwide

Publicada: 17/12/2017 as 15:56:24

Você pode comentar. Ainda não existe comentário para está notícia.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Fique a vontade para comentar.Veja Diretrises de privacidade!

Deixe seu comentário sobre o assunto!